Democratizar a mídia para reformar a política

Ainda dá tempo de votar! A enorme concentração dos meios de comunicação em nosso país faz do sistema midiático brasileiro um monopólio a serviço de interesses privados – seja dos próprios meios ou do poder político, que tira proveito da influência da mídia para pautar o debate público em benefício próprio.  A maioria do Congresso Nacional e os grandes grupos de comunicação andam, assim, de mãos dadas, numa parceira que só tem trazido prejuízos aos interesses da maioria da população.

Para se ter uma ideia, na atual legislatura, 40 parlamentares federais (deputados e senadores) controlam diretamente emissoras de radiodifusão. No país inteiro, mais de 270 prefeitos, vereadores, governadores, senadores, deputados estaduais e federais são sócios ou diretores de emissoras de rádio e TV. 

 Democratizar a mídia para reformar a política

Neste quadro, não será possível construir uma reforma política que efetivamente atenda aos anseios da população. Por isso, a reforma política deve vir acompanhada de uma reforma da mídia!

O Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Mídia Democrática e o Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva Soberana do Sistema Político podem mudar para melhor o país.

Saiba mais e vote: http://www.plebiscitoconstituinte.org.br/

Participe dessa campanha!

Fonte: Intervozes
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s