Especial mostra avanços e desafios nos 25 anos do ECA

Por Danyele Soares, Empresa Brasil de Comunicação

Nesta segunda-feira o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 25 anos. Confira a primeira matéria da série especial sobre esse conjunto de medidas criado para garantir os direitos da infância e da juventude. Produção da equipe do radiojornalismo da EBC. No ano em que o Estatuto da Criança e do Adolescente completa duas décadas e meia, especialistas, governo, parlamentares e sociedade debatem perspectivas e medidas para aprimorar e atualizar a lei. A discussão deve levar em conta o que já está previsto no ECA.

Ouça o programa aqui

O coordenador do Núcleo de Infância e Juventude da Defensoria Pública do Distrito Federal, Sérgio Domingos, comemora os avanços do Estatuto, mas critica a lentidão do Poder Executivo para efetivar os direitos de crianças e adolescentes. A secretária Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Presidência da República, Angélica Goulart, reconhece que ainda há desafios.

A psicóloga Sandra Santos, consultora na área de Direitos Humanos de crianças e adolescentes, afirma que, no momento em que o país discute projetos que modificam direitos como a redução da idade mínima para o trabalho e a redução da maioridade penal, é preciso reforçar o debate sobre o ECA.

E nesse debate, é preciso ouvir meninos e meninas e quem está com eles. É o que defende a professora Gina de Albuquerque, que trabalha com alunos do nono ano em uma escola no Distrito Federal. O promotor Murillo Digiácomo, do Paraná, é otimista. Para ele, o ECA aborda todos os assuntos, o problema é que poucos conhecem a lei.

Sonoplastia Marcos Tavares

—————————-

Ações punitivas são substituídas por medidas socioeducativas após ECA

Por Ana Lúcia Caldas

Nesta terceira reportagem especial da série sobre os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), você acompanha o que prevê a legislação quando crianças e adolescentes cometem atos infracionais. Antes do ECA, o Código de Menores estabelecia ações repressivas e punitivas. Com o estatuto, menores de 12 anos passaram a estar sujeitos a medidas protetoras e o atendimento aos adolescentes ganhou caráter socioeducativo.

Ouça o programa aqui

Sonoplastia: Marcos Tavares

—————————-

Brasil reduziu número de crianças e adolescentes em abrigos após o ECA

Por Ana Lúcia Caldas

Nesta segunda reportagem especial da série sobre os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), você acompanha a situação das crianças que vivem em abrigos e o que a legislação prevê de garantia do direito à família. Atualmente vivem em abrigos no Brasil, 38 mil crianças e adolescentes, segundo o Conselho Nacional do Ministério Público. O ECA prevê que as crianças sejam criadas na família de origem, a biológica. No entanto, no caso de negligência, abandono, ou maus tratos, elas são retiradas de casa. Em caso de violência sexual, o afastamento é imediato. Os meninos e meninas são encaminhadas para abrigos, casas lares ou serviços de acolhimento institucional.

Ouça o programa aqui

Sonoplastia: Marcos Tavares

—————————-

Viva Maria: Representante do Conanda aponta desafios do ECA

Por Mara Régia

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) comemora 25 anos nesta segunda-feira (13). Em meio às conquistas, o desafio de fazer com que esse estatuto seja respeitado e implementado. Esse é o desejo de Elisa Costa, membro do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda). Viva Maria também reafirma a importância dessa lei na voz do menino Ezequiel Farias de Sena que, do alto de seus 13 anos de idade, tem uma crítica adulta aos que acusam o ECA de contribuir para o aumento da violência.

Ouça o programa aqui

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira.

Ouça ainda:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s