Ministro Pepe Vargas defende investigação federal de grupos de extermínio

Por Noeli Nobre, Câmara Notícias

O ministro-chefe da Secretaria de Direitos Humanos, Pepe Vargas, defendeu na quinta-feira (18), na Câmara dos Deputados, a federalização da investigação dos crimes cometidos por grupos de extermínio. Ele sugeriu ainda a proibição do uso do auto de resistência como justificativa para a violência que se estabelece pelo uso de força policial.

Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Ministro Pepe Vargas - Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados
Vargas: “40% das 210 mil denúncias de violência contra adolescentes e jovens no Disque 100 referiam-se a negros

Continuar lendo