Estudo revela que 100% das presas no estado do Acre são negras

Por Douglas Belchior, com informações do Infopen e ContilNetNoticias e EBC.

No início de Novembro o Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e de Medidas Socioeducativas do CNJ (DMF/CNJ) divulgou números atualizados relativos ao encarceramento feminino no país. A população carcerária feminina subiu de 5.601 para 37.380 detentas entre 2000 e 2014, um crescimento de 567% em 15 anos. Destas, duas em cada três, são negras. No total, as mulheres representam 6,4% da população carcerária do Brasil, que é de aproximadamente 607 mil detentos. Na comparação com outros países, o Brasil apresenta a quinta maior população carcerária feminina do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos (205.400 detentas), China (103.766) Rússia (53.304) e Tailândia (44.751).

guerra-racismo-1

Continuar lendo

Prisão de negros foi uma vez e meia maior que a de brancos em 2012

Por Marcos Chagas,  da Agência Brasil

Em 2012, negros foram presos uma vez e meia a mais do que brancos. Naquele ano, para cada grupo de 100 mil habitantes brancos havia 191 brancos encarcerados, enquanto que para cada grupo de 100 mil habitantes negros havia 292 presos. Os dados estão no estudo Mapa do Encarceramento: os Jovens do Brasil, divulgado ontem (3) pela Secretaria-Geral da Presidência da República. O levantamento foi feito pela pesquisadora Jacqueline Sinhoretto com base nos dados Sistema Integrado de Informações Penitenciárias (InfoPen), do Ministério da Justiça.

presos
Faixa etária que mais foi presa é de jovens entre 18 e 24 anos – Imagem de arquivo/Agência Brasil

Continuar lendo