Pesquisa inédita revela que crianças e adolescentes se sentem inseguros em São Paulo

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

Dados da pesquisa IRBEM Criança e Adolescente, divulgados nesta quinta-feira (23/7), mostram que 61% do segmento têm medo de “assalto e roubo”.

Entre 13 áreas relacionadas à qualidade de vida em São Paulo, a “segurança e proteção” é a pior avaliada (nota média de 5,1) por crianças e adolescentes.  O dado integra os resultados da pesquisa IRBEM Criança e Adolescente, divulgados ontem (23/7). A pesquisa de percepção, que entrevistou 805 crianças e adolescentes, de 10 a 17 anos, é uma iniciativa do Grupo de Trabalho (GT) Criança e Adolescente da Rede Nossa São Paulo, em parceria com o IBOPE Inteligência – que realizou o levantamento – e conta com o apoio do Instituto Alana e do Instituto C&A.

IRBEM Criança e Adolescente

Continuar lendo

Anúncios

O amor é o poder

Por Natacha Cortês, Revista TPM

Diretora de documentários provocadores sobre a infância, entre eles Muito além do peso, Estela é voz ativa na defesa das crianças
Estela Renner era muito menina quando assistia à avó paterna, dona Cilú, filmar a família com uma Super-8 em punho. Era meados de 1970, e o cinema era não só um passatempo, mas uma paixão daquela mulher, que tinha como atividade principal cuidar da casa, olhar pelos quatro filhos e, como bem lembra Estela, “ser avó”. Em um dos cômodos de sua casa, Cilú construiu uma ilha de edição. Sabia montar os filmes, gravava em planos variados e investia no equipamento. Foi suficiente para encantar Estela.

Estela Renner - Foto: Marcos Vilas BoasFoto: Marcos Vilas Boas

Continuar lendo

Crianças ‘ocupam’ Largo da Batata e comemoram os 25 anos do ECA

Paula Paiva Paulo, G1

Evento teve doces, shows, ioga e contação de histórias neste domingo (5). Organizadores cobram mais aplicação do estatuto no país.

ECA - Largo da Batata  Paula Paiva Paulo

 Largo da Batata é ‘ocupado’ por crianças para comemorar os 25 anos do ECA (Foto: Paula Paiva Paulo)

Ioga para crianças, shows, ciranda, barracas de doces, contação de histórias. Este foi o cenário montado no Largo da Batata, na Zona Oeste de São Paulo, neste domingo (5), para comemorar os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O evento foi promovido pela Prefeitura de São Paulo e por organizações não-governamentais.

Continuar lendo

Movimentos sociais rechaçam redução da maioridade penal

Representantes de entidades contrárias à redução da maioridade penal não acreditam que a medida constitua solução para a violência

Em depoimentos exclusivos ao Portal Brasil, representantes de movimentos sociais criticaram a redução do marco etário penal para 16 anos como solução para o problema da violência no País. De acordo com eles, diferentemente do que acreditam parlamentares favoráveis à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171, em debate no Congresso Nacional, a medida não será capaz de melhorar a segurança.

Assista aos depoimentos

Continuar lendo

É preciso investir na infância, redução não é solução

Posicionamento do Alana sobre a redução da maioridade penal

Tramitam no Congresso Nacional propostas de Emenda à Constituição Federal visando reduzir a maioridade penal, dentre elas a PEC 171/93, que reduz para 16 anos a idade penal. Além de inconstitucional, por ferir o princípio positivado no artigo 60, §4º, IV, da Constituição que veda o retrocesso em matéria de direitos fundamentais, a PEC 171 não significa real e eficaz solução para os problemas de segurança pública. Ao contrário disso, representa uma grave e inaceitável ameaça de retrocesso para a proteção dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil.

pe_crainca_Pink-Sherbet-Photography

Continuar lendo

Publicidade combina com criança? O que muda com a Resolução do Conanda

No intervalo entre um desenho e outro na TV, os vídeos começam de forma divertida. Meninos e meninas manipulam brinquedos que parecem ser a sensação do momento. Enquanto as garotas, encantadas, penteiam os cabelos da mais nova boneca, que também tem um carro e uma casa cor-de-rosa, os brinquedos dos garotos se transformam de carros em super-heróis e vice-versa. Ao fundo, uma música empolgante torna a brincadeira ainda mais mágica. Tudo dura poucos minutos, mas, ao fim do comercial, as crianças já estão fisgadas.

Pub 3

Continuar lendo