Olho roxo, cara rasgada: “É assim que os funcionários falaram que ia ser daqui pra frente”

Por Simone Freire, Jornal Brasil de Fato

Em cartas, adolescentes voltam a denunciar rotina de agressões na Fundação Casa Novo Horizonte e Guaianazes, na Zona Leste da capital paulista.

Adolescentes em conflito com a lei voltaram a denunciar violações de direitos humanos dentro das unidades da Fundação Casa (Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente), Novo Horizonte (Guaianazes I) e Guaianazes II, na Zona Leste de São Paulo (SP). Casos de violência já foram registrados nesses locais há pelo menos um ano, segundo a Defensoria Pública. No final do mês de abril, cartas de internos sobre o cotidiano de abusos foram divulgadas à imprensa. Novos relatos surgiram entre os dias 21 e 26 de maio sobre essa situação.

Natal entre muros

Um dia antes ele havia dito que era muito difícil ficar triste, mas, quando viu que entre todas as visitas do último sábado não havia nenhum familiar, abaixou a cabeça e ficou mudo. Este é o terceiro Natal que Mateus*, preso por tráfico de drogas, passa atrás dos muros de uma unidade para reincidentes da Fundação Casa, o centro para menores infratores de São Paulo. Vai ser o terceiro que passa sozinho, mas isso não é  uma novidade. Ele cresceu em uma “turbulência de vida”. Para arrancar dele uma lembrança de Natal bonita, temos de retroceder seis anos.

Fundação Casa - Eliel Nascimento

Continuar lendo