PM de SP bate recorde de mortes e não reduz crimes

Entre janeiro e novembro de 2014, 816 pessoas foram mortas por policiais militares no Estado de SP. Letalidade policial foi maior até do que em 2006 e 2012, anos de enfrentamento das forças de segurança contra a facção criminosa PCC.

PM bateu recorde de mortes em 2014: foram 816 pessoas, entre janeiro e novembro | Foto: Guga Kastner/Ponte Jornalismo

A letalidade dos policiais militares de São Paulo é a mais alta dos últimos dez anos. Nesse período, o total de crimes permaneceu no mesmo patamar – inclusive os crimes contra o patrimônio, cujo combate é considerado prioritário pelo governo de São Paulo.

Continuar lendo