Pelo Brasil: Dia Nacional de Luta contra a Redução da Maioridade Penal

Dia 27 de maio, movimentos contrários à redução da maioridade penal organizam uma ação nacional de mobilização: O Dia Nacional de Luta contra a Redução da Maioridade Penal. A ideia é que ocorram atividades simultâneas em diferentes Estados do Brasil.

Belo Horizonte: Dia Nacional de Luta contra a Redução da Maioridade Penal – atividades na Praça Sete, a partir das 18h – http://wp.me/p3LXI0-19J Dia Nacional de Luta contra a Redução da Maioridade Penal - Belo Horinzonte - Oficina de Imagens

Continuar lendo

Anúncios

Publicidade combina com criança? O que muda com a Resolução do Conanda

No intervalo entre um desenho e outro na TV, os vídeos começam de forma divertida. Meninos e meninas manipulam brinquedos que parecem ser a sensação do momento. Enquanto as garotas, encantadas, penteiam os cabelos da mais nova boneca, que também tem um carro e uma casa cor-de-rosa, os brinquedos dos garotos se transformam de carros em super-heróis e vice-versa. Ao fundo, uma música empolgante torna a brincadeira ainda mais mágica. Tudo dura poucos minutos, mas, ao fim do comercial, as crianças já estão fisgadas.

Pub 3

Continuar lendo

Conselho de Belo Horizonte discute maioridade penal

Medidas Socioeducativas e redução da maioridade penal são temas de debate realizado pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) – BH na próxima terça-feira, dia 14. O “IV Debate Sobre Medidas Socioeducativas: Redução da Maioridade Penal” vai reunir nomes como Cláudio Augusto Vieira da Silva, coordenador geral do SINASE, Mario Volpi, oficial de projetos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Márcio Rogério de Oliveira, titular da Promotoria de Atos Infracionais da Infância e Juventude de Belo Horizonte.

CMDCA de Belo Horizonte discute maioridade penal

Continuar lendo

Eleições 2014: Plataforma Política Juventudes contra Violência

O Fórum das Juventudes da Grande BH lançou no dia 12 de agosto uma plataforma política com dez pautas prioritárias para o enfrentamento às violações de direitos sofridas pela população jovem. A proposta é pautar o enfrentamento à violência contra as juventudes junto a candidatos e candidatas às assembleias legislativas, à Câmara dos Deputados, ao Senado e aos governos estaduais e federal. Não só os candidatos, mas também ativistas autônomos e grupos da sociedade civil podem apoiar a Plataforma. Participe! http://goo.gl/w6vUjY

Apoie a Plataforma Política “Juventudes contra Violência”!

Plataforma Política Juventudes contra Violência

Fonte: Oficina de Imagens