Pesquisa inédita revela que crianças e adolescentes se sentem inseguros em São Paulo

Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo

Dados da pesquisa IRBEM Criança e Adolescente, divulgados nesta quinta-feira (23/7), mostram que 61% do segmento têm medo de “assalto e roubo”.

Entre 13 áreas relacionadas à qualidade de vida em São Paulo, a “segurança e proteção” é a pior avaliada (nota média de 5,1) por crianças e adolescentes.  O dado integra os resultados da pesquisa IRBEM Criança e Adolescente, divulgados ontem (23/7). A pesquisa de percepção, que entrevistou 805 crianças e adolescentes, de 10 a 17 anos, é uma iniciativa do Grupo de Trabalho (GT) Criança e Adolescente da Rede Nossa São Paulo, em parceria com o IBOPE Inteligência – que realizou o levantamento – e conta com o apoio do Instituto Alana e do Instituto C&A.

IRBEM Criança e Adolescente

Continuar lendo

Anúncios

Seminário debate realidade apontada pelo Mapa da Violência 2014

É perigoso, muito perigoso, ser jovem, do sexo masculino e negro, no Brasil. Ao todo, 30.072 adolescentes e jovens, com idades entre 15 e 29 anos, foram vítimas de homicídio. E o número representa 53,4% do total de mortes desse tipo no país – 91,6% também eram homens. Os dados são do Mapa da Violência 2014 que mostra um crescimento de 13,4% nos registros de homicídios em comparação a números de 2002. Com a proposta de debater o extermínio de jovens brasileiros, posicionando-se contra essa triste realidade, será realizado no próximo sábado (13), o Seminário Pela Vida da Juventude: Discutindo o Mapa da Violência 2014. O encontro acontece no Cuca Mondubim e terá a presença do coordenador da área de estudos sobre a violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil) e organizador do próprio Mapa da Violência, Julio Jacobo Waiselfisz.

DIVULGAÇÃO-Pela-Vida-da-Juventude

Continuar lendo