Redução linear é “matricular jovens em escolas do crime”, diz ministro do STF em visita a Fortaleza

Por Carlos Mazza, O Povo

Em passagem pela Capital cearense, Luís Roberto Barroso classificou proposta como “inconveniente”, mas reforçou palavra final do Congresso no assunto

Luís Roberto Barroso participou de debate no TCE – Foto: Diego Camelo, especial para O Povo

Em passagem por Fortaleza, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso classificou como “inconveniente” proposta de redução da maioridade penal em discussão no Congresso. Propondo investimentos nas condições de unidades de internação, o ministro comparou redução “linear” com matricular jovens em “escolas do crime”.

Continuar lendo