“Há no Rio um processo perverso de criminalização da pobreza”

Por Marcelo Pellegrini, Carta Capital

O Rio de Janeiro viveu, nas últimas semanas, uma série de arrastões em praias nobres da zona sul, sendo a maioria destas ações protagonizada por adolescentes. A onda de violência causou indignação e medo na população, e foi ampliada pela organização de grupos justiceiros formados por adolescentes de classe média nas redes sociais. Diante deste cenário de descontrole social, as autoridades agiram reforçando o policiamento e realizando bloqueios dos ônibus vindos dos subúrbios, ação que foi interpretada como ilegal pela Justiça. A proibição dos bloqueios irritou o governo, que acusou o Judiciário de “engessar a polícia”, e aumentou a sensação da população de que o governo é incapaz de combater a violência.

Marcelo Freixo - Tomaz Silva / Agência Brasil

Para Freixo, arrastões não podem ser minimizados, mas repressão precisa ser feita dentro dos limites da lei. Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil

Continuar lendo

Anúncios

Movimento Candelária Nunca Mais faz ato dia 23 no Rio

Por Marina Baldoni Amaral, Flacso Brasil

Na noite de 23 de julho de 1993, policiais atiraram contra mais de 70 crianças e adolescentes sem-teto que dormiam próximo à Igreja da Candelária, no centro do Rio de Janeiro. Oito deles, com idades entre 11 e 19 anos, foram mortas no massacre. Hoje, 22 anos depois da Chacina da Candelária, a violência contra os jovens, principalmente pobres e negros, continua crescendo. Dados do Mapa da Violência mostram que o homicídio é a principal causa de morte de adolescentes de 16 e 17 anos no país.

Ato Movimento Candelária Nunca Mais - arte Guilherme Baldi

Continuar lendo

Rio tem protesto contra Eduardo Cunha e redução da maioridade penal

Por G1

Grupo caminhou pela Av. Rio Branco, que foi liberada por volta das 19h30. Manifestantes iam em direção ao gabinete do presidente da Câmara.

Continuar lendo

7/07: Dia Nacional de Luta contra a Redução da Maioridade Penal

Brasília

Sessão Solene em Homenagem aos 25 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA

Na terça-feira (07/07) será realizada na Câmara Federal uma Sessão Solene em Homenagem aos 25 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA.É aberta ao público, participe!
Local: Plenário Ulysses Guimarães
Data: 7 de julho de 2015
Hora: 10 horas

Mais informações: https://www.facebook.com/events/1602177756724405/

Sessão solente em homenagem ECA - Amanhecer contra a redução da maioridade penal

Mais informações: https://www.facebook.com/amanhecercontraareducao/photos/a.339857889541042.1073741828.339652869561544/364999557026875/?type=1&theater

Continuar lendo

Rolezinhos contra a redução da maioridade penal

Coletivo inspirado em movimento uruguaio prepara novas ações para mudar opinião da população

Rio de Janeiro tem dia histórico contra a redução da maioridade penal

Mais de 20 mil pessoas se reuniram em grande festival realizado por coletivos, movimentos sociais e artistas

Texto Larissa Gould para Jornalistas Livres e fotos Cobertura Colaborativa Amanhecer

O movimento Amanhecer contra Redução surgiu em meados de abril, inspirado na campanha uruguaia No a la Baja, que impediu a redução da maioridade penal no país vizinho. Uma iniciativa de jovens criativos, principalmente estudantes secundaristas, para resistir contra a redução de uma forma didática e leve, com a cultura.

Foi algo dessa natureza que deixou o centro da cidade maravilhosa mais colorido na manhã deste domingo. O Festival Amanhecer, fruto da construção colaborativa de coletivos, movimentos sociais e artistas, reuniu cerca de 80 atrações de música, dança, teatro, grafite, debates, fotografia e poesia na Praça XV para um público total de mais de 20 mil pessoas.

Continuar lendo

Rio tem evento com cara de carnaval contra redução da maioridade penal

Por Gabriel Barreira, G1

Atividades infantis e shows vão até 23h deste domingo. Organizadores esperam receber milhares de pessoas.

A Praça XV, ponto de partida e trajeto de blocos de rua tradicionais do Rio, recebe neste domingo (14) um festival com cara de carnaval e polêmico teor político. O Festival Amanhecer reúne bandas, artistas independentes e ativistas contrários a redução da maioridade penal. Entre os apoiadores do evento estão Chico Buarque e Chico César.

Rio tem evento com cara de carnaval contra redução da maioridade penal (Foto: Gabriel Barreira/G1)Rio tem evento com cara de carnaval contra redução da maioridade penal (Foto: Gabriel Barreira/G1)

Continuar lendo