Redução da Maioridade Penal: uma iniciativa anti população negra

1. O racismo institucional do parlamento brasileiro, agravado pela atitude covarde de parlamentares de bancadas conservadoras e fundamentalistas na câmara federal. Pois sim, eles sabem, e muito bem, que esta medida é destinada somente aos homens e mulheres negras de todas as idades;

2. A desumanização do povo negro e o caminho para acelerar seu extermínio. Esses parlamentares sabem, perfeitamente, que reduzir a maioridade penal é tratar o problema pela superfície   e, que não  é  solução, nem começo de solução, para  enfrentar  as desigualdades  históricas a qual está sujeita  a população  negra. Mas não se importam com isso. Não tem interesse em mudar a realidade, porque são econômica e politicamente favorecidos por esta situação;

3. A legalização da criminalização da pobreza. Eles sabem que os maiores crimes são praticados por quem tem poder e dinheiro, inclusive, por eles próprios, mas entendem que os pobres é quem devem ser encarcerados;

Articulação de Mulheres Brasileiras

Continue reading

Vigília Ecumênica Contra a Redução da Maioridade Penal

Na próxima terça-feira (21 de abril), a Rede Ecumênica da Juventude em São Paulo (REJU-SP) realizará a “Vigília Ecumênica contra a redução da maioridade penal. Por mais educação e nenhum retrocesso!“. Ao enfrentarmos as tentativas de mudança na lei, também enfrentaremos toda a argumentação religiosa fundamentalista que deseja legitimar essa violação de direitos.

A vigília que realizaremos se relaciona com uma campanha maior, articulada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC), que procura apresentar outras vozes na perspectiva da defesa de direitos humanos, para além das leituras e narrativas construídas pela bancada evangélica. Para enfatizar esta distinção, utiliza-se a marcação: Redução da maioridade penal com base em argumentos religiosos? #NãoEmMeuNome

Vigília Ecumênica contra a redução da maioridade penal


Continue reading

Estudantes fazem marcha em Brasília contra a redução da maioridade penal

Por Luciana Amaral, G1

Estudantes e representantes da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), União Nacional dos Estudantes (UNE) e da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) fizeram na manhã desta quinta-feira (16) uma marcha na Esplanada dos  Ministérios, em Brasília, em um ato contra a redução da maioridade penal.

No mês passado, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou a admissibilidade da proposta de emenda à Constituição (PEC), que reduz a maioridade penal no Brasil de 18 para 16 anos. Trata-se do primeiro passo para a tramitação da proposta na Casa. Os deputados da comissão avaliaram que o texto está de acordo com a Constituição. Uma comissão especial foi instalada para apreciar a matéria.

Estudantes durante marcha pela Esplanada dos Ministérios nesta quinta (16) (Foto: Luciana Amaral/G1)Estudantes durante marcha pela Esplanada dos Ministérios nesta quinta (16) (Foto: Luciana Amaral/G1)

Protestos não param e estudantes vão para as ruas

Por Douglas Carvalho, Agência Popular

Pela reforma política, educação de qualidade, passe livre, e contra a terceirização e redução da maioridade penal estudantes vão para as ruas de Brasília (DF).

Redução da maioridade penal: jeitinho brasileiro

Por Dioclécio Campos Júnior* e Eduardo da Silva Vaz**, Sociedade Brasileira de Pediatria

O país precisa criar juízo. A cultura do imediatismo vantajoso é o jeitinho brasileiro. Não leva a nada. Só provoca estragos, já de longa data. Como o de agora que, em profundidade e extensão, devasta a sociedade. Se não cair a ficha do cidadão, o faz de conta continuará predominando em todas as camadas sociais. Pensar, refletir, analisar, conscientizar, criticar são verbos que necessitam ser conjugados nas entranhas da mente, antes de decisões a serem tomadas. Não apenas com a correção gramatical, mas na essência do real significado. É procedimento que se pratica cada vez menos no Brasil. Quase tudo vai no embalo dos componentes emocionais que ocultam as relações de causa e efeito subjacentes. A verdade dos fatos perde dimensão. As discussões sobre os temas primordiais não saem da superficialidade. Usam a lógica dos jargões que, no fundo, revelam o desconhecimento sobre o assunto.

Redução Maioridade

Continue reading

Redução da maioridade penal: quando eu tenho medo da maioria

Por Leonardo Sakamoto

Pesquisa Datafolha, divulgada nesta quarta (15), aponta que 87% da população é a favor da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Ao todo, 11% são contrários à alteração, 1% foi indiferente e outro 1% não soube responder.

A maior rejeição à proposta está entre os que têm ensino superior (23%) e os mais ricos (25%). E 74% da população apoia a redução para qualquer tipo de crime e não apenas os hediondos. A análise que já fiz, neste blog, permanece atual. Não fiquei surpreso com o índice de 87% – ainda mais com redes sociais, listas de WhatsApp e determinados programas “jornalísticos” na TV batendo bumbo, dia e noite, a favor da proposta.

O que me surpreende, de verdade, é ainda termos 11% de pessoas que não se deixaram levar por soluções fáceis, que vão atacar consequências e não as causas.

Continue reading